Saiba como escolher cursinho para concurso

Tempo de leitura: 6 minutos

Para conseguir a tão almejada vaga nos órgãos públicos é necessário disciplina, tempo, recursos financeiros, dedicação e descanso. Disciplina para organizar e concentrar-se nos estudos, tempo e recursos financeiros para se dedicar a essa atividade e descanso mental para absorver o conteúdo com qualidade.

Além disso, é importante estar bem assessorado por um cursinho para concurso. Estas empresas são especializadas em oferecer suporte adequado de aprendizagem, informações privilegiadas sobre concursos, além de acompanhamento psicológico ao candidato. Os cursinhos fornecem material didático diversificado, que facilitam a fixação do conteúdo, aulas com professores renomados e dicas sobre resolução de questões de provas.

Essas empresas estão atentas ao lançamento dos novos concursos, aos requisitos para a investidura nos cargos e acompanham também todas as etapas de um edital. Podem ofertar módulos básicos adequados a cada nível de escolaridade ou específicos conforme a exigência do cargo e também devem oferecer um ótimo relacionamento com o candidato e responder as dúvidas nos diversos canais de comunicação.

Porém, devido ao grande número de empresas do ramo é importante selecionar a que mais se adequa ao concurso desejado e ao seu alcance financeiro. É importante escolher um cursinho para concurso que atenda às exigências de qualidade de ensino com ferramentas pedagógicas interessantes.

Confira, a seguir, as dicas de como escolher cursinho para concurso!

1. Peça opinião aos amigos

Descubra os melhores cursinhos através de seus amigos! As indicações de conhecidos costumam ser mais valiosas porque refletem a vivência dos alunos e estão isentas de conflitos de interesses. Pessoas que já passaram por esta experiência têm muito a acrescentar. Busque recomendações com pessoas conhecidas e relate as suas principais necessidades.

Discuta com amigos sobre suas expectativas e certifique se isso condiz com as informações repassadas pelos cursinhos. Algumas instituições apresentam especialidade na aprovação para concursos específicos. Veja se esse é o seu caso e faça orçamento na empresa indicada.

2. Pesquise o número de aprovados

Um cursinho tende a ser excelente se tiver um número considerável de candidatos aprovados. Se a aprovação estiver relacionada aos concursos mais concorridos ou com nível de dificuldade elevado, esteja certo de que essa será uma boa escolha.

Candidatos aprovados em concursos do ITA, da ANVISA, da Polícia Federal e do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), por exemplo, refletem o nível ótimo de qualidade do cursinho.

3. Verifique a qualidade dos professores

Os professores não precisam apresentar um currículo invejável. No entanto, é necessário ter experiência na didática para concursos e utilizar técnicas mnemônicas que facilitam a aprendizagem.

A experiência do professor pode ser avaliada pelo conhecimento vasto sobre os concursos e das principais bancas examinadoras.  Ele é capaz de identificar o tipo de questão conforme a banca examinadora assim como poderá prever aos assuntos mais frequentes que serão abordados nas provas.

4. Conheça as ferramentas pedagógicas oferecidas pelo cursinho para concurso

Um cursinho excelente deve preparar seus estudantes através de ferramentas pedagógicas atualizadas constantemente. Dentre elas podemos citar os recursos multimídia inseridos no ambiente de sala de aula, acesso à internet, resolução de questões anteriores e outras demandas dos alunos.

Também é importante apresentar um conteúdo virtual interessante, com muitos exercícios e acesso às aulas ministradas diariamente. Assim o aluno poderá estudar e revisar a disciplina sempre que precisar. Alguns cursinhos já estão trabalhando com número máximo de acessos por conteúdo para dificultar a disseminação não autorizada.

5. Avalie os conteúdos ministrados

Se você pretende prestar concurso para uma área específica é importante observar a experiência didática da empresa nesses cursos. Concursos da área jurídica e para aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) costumam apresentar programas fixos e disponíveis constantemente — é, portanto, mais fácil consultá-los.  

Para os concursos mais cobiçados, frequentemente existem conteúdos básicos de português e raciocínio lógico que são ofertados constantemente. Avalie se o conteúdo programático está de acordo com o edital publicado.

Também é importante observar os cursinhos para a Polícia Federal, os ministérios, o INSS, o Exército e a Marinha — nesses casos é importante acompanhar as notícias dos cursinhos ou em revistas especializadas em concurso porque o conteúdo costuma ser extenso e o candidato precisa de mais tempo de dedicação.

6. Calcule a relação custo x benefício

Um cursinho de excelência não precisa ser de alto custo, ele deve apresentar um preço justo pelo serviço prestado. Portanto, além de observar os requisitos mencionados anteriormente, o aluno deve fazer pesquisas de preço e verificar qual, dentre os melhores, está dentro do seu orçamento.

O estudante deve considerar, também, os custos indiretos envolvidos, tais como o deslocamento de ônibus, gasolina para se locomover de carro, preço do estacionamento e até o dinheiro que será gasto com os lanches nos intervalos. Esses cálculos não podem deixar de fazer parte do orçamento final.

7. Faça uma visita e conheça a infraestrutura do cursinho

A estrutura física do cursinho deve ser espaçosa, confortável e suportar a quantidade de alunos recomendada pelo Corpo de Bombeiros. Em geral, cada sala de aula não deve ultrapassar o limite de 60 indivíduos porque dificulta a aprendizagem.

As salas de aula devem ser arejadas, com luminosidade natural durante o dia e luz fria durante a noite. As cadeiras devem ser confortáveis e facilitar a entrada e saída do aluno sem incomodar o colega. É recomendável também que o cursinho tenha uma lanchonete que ofereça muitas opções de lanches e atenda durante todo o horário de funcionamento do cursinho.

8. Observe o relacionamento do cursinho com o candidato

É preciso que os funcionários do cursinho tenham proatividade, saibam resolver conflitos e propiciar atendimento ao aluno nos diversos canais de comunicação (chat, serviços de mensagem, atendimento telefônico). Também se faz necessário, quando possível, adaptar os horários e disciplinas conforme a demanda dos alunos. Observe esses aspectos para escolher um cursinho para concurso de qualidade.

A preparação para um concurso público exige tempo, dedicação e esforços — um cursinho para concurso é uma das ajudas mais importantes para obter a aprovação. Todavia, a escolha de um excelente cursinho para concurso, que atenda às necessidades do candidato e ofereça um suporte metodológico em todos os sentidos, é essencial para o conforto e a comodidade do aluno.

Não hesite em pesquisar bastante o cursinho para concurso que seja perfeito para você! Se tiver mais dúvidas a respeito do tema, deixe seu comentário aqui.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.